Você apoia ideias nazistas?

Faça o teste e descubra se você simpatiza ou realmente repudia as ideias defendidas por Hitler e seus seguidores.

1. O Estado deve interferir na economia para promover o desenvolvimento econômico e social.

 
 

2. Polícia deve fazer blitz para conferir se os cidadãos estão cumprindo a Lei. É uma medida necessária para a segurança pública.

 
 

3. O Estado deve regulamentar as profissões para evitar abusos dos prestadores de serviço e garantir a qualidade do serviço. Atividades como Medicina, Advocacia e Engenharia, por exemplo, não podem ser exercidas livremente porque podem trazer grande risco à integridade física das pessoas.

 
 

4. A atividade privada precisa ser regulamentada pelo Estado para evitar abusos. Por exemplo, normas sanitárias obrigatórias são necessárias para que restaurantes e padarias vendam seus produtos com boas condições de higiene.

 
 

5. Quem for pego na rua portando e exibindo uma suástica deve ser preso. Algumas ideias perigosas precisam ser proibidas para garantir a segurança de toda sociedade.

 
 

6. Ninguém deveria ser punido só por ter xingado alguém ou por ter dito algo que é claramente mentira. Leis que criminalizam a Injúria, Calúnia e difamação deveriam ser extintas. Somente a violência física deve ser punida.

 
 

7. Toda pessoa adulta, sem exceção, deveria ser livre para comprar, negociar, portar e guardar qualquer tipo de arma, não importa se civil ou militar, nem o histórico criminal da pessoa. Tudo isso sem a necessidade de nenhum tipo de controle pelas autoridades.

 
 

8. As relações trabalhistas devem ser regulamentadas pelo Estado para proteger o trabalhador contra a exploração do patrão.

 
 

9. Toda pessoa deve possuir e portar documento de identidade emitido pela autoridade competente para que possa fazer matrículas em escolas, abrir contas bancárias e realizar negócios em geral.

 
 

10. O INSS deveria ser extinto. Cada pessoa deve ser livre para escolher qual é a melhor forma de se preparar financeiramente para a velhice ou para os infortúnios da vida como a morte precoce do cônjuge ou a própria morte.